Graduação

Trabalho de Campo

 

O curso de Engenharia Geológica da UFOP é pioneiro no país, sendo oferecido desde 1961. Embora a oferta do curso seja relativamente recente, o ensino de disciplinas relacionado às geociências remonta a uma tradição que vem desde o século XIX na região de Ouro Preto, no âmbito da formação de profissionais do setor mineral e metalúrgico pela Escola de Minas, hoje parte integrante da UFOP.

O curso de engenharia geológica da Universidade Federal de Ouro Preto está instalado em uma das regiões com maior atividade de mineração do Brasil e maior diversidade geológica. Esse fato é de grande relevância nas atividades de ensino e de campo, que incorpora na prática do curso a própria paisagem que cerca o campus.

O Departamento de Geologia, onde os estudantes cumprem a maior parte de sua formação, se constitui de ambiente universitário vibrante, com entidades estudantis de amplo espectro: Sociedade Excursionista e Espeleológica – SEE, Sociedade de Intercâmbio Cultural e Estudos Geológicos – SICEG, GeoConsultoria Júnior – GeoJr, PET – Geologia do DEGEO. Aliado a isso, o departamento passa por significante renovação do quadro docente e possui Pós-Graduação ativa e servida de formidável infraestrutura de pesquisa, com laboratórios de Geoprocessamento, Geoquímica Ambiental, Microscopia Ótica, Microscopia Eletrônica, Modelagem Tectônica, Geologia Automatizada, Difração e Fluorescência de Raios-X, entre outros, que oferecem uma grande gama de oportunidades aos estudantes.

Abaixo estão listados os títulos dos projetos, que de modo geral terão como resultados a melhoria do ensino de geociências nas escolas públicas da região, conscientização ambiental e do aproveitamento do potencial turístico mineiro da região de Ouro Preto.

 

  • Divulgação das geociências e conscientização ambiental nas escolas de ensino fundamental da cidade de Ouro Preto, MG.
  • O Patrimônio Geológico e Mineiro de Ouro Preto (MG): bases para o turismo científico e proposta de circuito geoturístico urbano
  • Projeto rocha amiga em escolas públicas de ouro preto, minas gerais
  • Assembleias participativas e avaliação da exposição da população da serra de ouro preto (MG) a elementos tóxicos, através de consumo de águas de minas
  • Estudo e fomento do potencial para turismo do patrimônio mineiro na Serra de Ouro Preto, Minas Gerais.
  • Criação de Kits para o ensino de ciência

O curso conta com excelente infraestrutura, empresa júnior e entidades que auxiliam na formação dos alunos.

Os laboratórios didáticos têm ampla variedade de amostras de rochas e minerais para estudo e equipamentos necessários para o aprendizado (microscópios, lupas, computadores e etc.), que são utilizados tanto durante o desenvolvimento de disciplinas quanto em atividades de pesquisa dos estudantes.

Os estudantes contam com a Empresa Júnior - Geoconsultoria Júnior (GEO JR), com coordenação (tutoria) a cargo de um professor do Departamento de Geologia. A empresa desenvolve projetos sob demanda de empresas, prefeituras e demais organizações do terceiro setor. Além da empresa júnior, três entidades estudantis ligadas ao curso (na forma de conexão por área específica do conhecimento ou por agremiação estudantil) também propiciam oportunidades de realização de atividades práticas, no âmbito de projetos em parceria com empresas, instituições de ensino e entidades do terceiro setor. São a Sociedade de Intercâmbio Cultural e Estudos Geológicos (SICEG - link acima), Sociedade Excursionista e Espeleológica (SEE - http://www.see.ufop.br/) e a Sociedade de Geofísica Aplicada (https://pt-br.facebook.com/ufopsga/). Todas estas entidades dispõem de espaço físico para suas sedes e são apoiadas pela Universidade Federal de Ouro Preto, suas Fundações de Apoio e empresas do setor.

Quase a totalidade das disciplinas específicas do curso de Engenharia Geológica contam com trabalhos de campo, onde o aluno desenvolve, na prática, competências profissionais particulares a carreira de Engenheiro Geólogo. Grande parte desses trabalhos são realizados nos arredores de Ouro Preto e cidades próximas. Porém, é comum a visita a municípios mais distantes e estados vizinhos conforme as exigências de estudos em ambientes geológicos específicos.

O curso conta com uma biblioteca setorizada com grande acervo físico e digital que é atualizado sistematicamente e dispõe de espaço para estudo individual e em grupo.

 

Matriz Curricular